rmc.abr

Na terceira série de matérias sobre as novas do mercado de alimentação fora do lar, o tema desta edição é a Publicidade. As mudanças em diversos países, especialmente nos Estados Unidos, a meca das novidades quando o assunto é mercado de alimentação fora do lar, já começam a chegar ao mercado nacional, conforme antecipado por especialistas no 3º Encontro de Negócios promovido pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes da Região Metropolitana de Campinas (Abrasel RMC). Com a temática “Tendências do Mercado Food Service”.

As novidades vão provocar uma profunda transformação no mercado e mudar a relação dos estabelecimentos com o consumidor, desde as novas tecnologias, forma de divulgação dos produtos, construção de imagem, fidelização e desenvolvimento de novos produtos para atender consumidores cada vez mais exigentes e antenados com a forma de consumo.

Esqueça imagens puras e simples de pratos e dinks nas redes sociais, como estratégia para atrair os clientes. O consumidor atual deseja receber em suas redes sociais (Facebook, Instagram, sites, por exemplo) conteúdos. Isso significa notícias relacionadas aos negócios que agreguem informações, valor e histórias do estabelecimento.

“As marcas que vão sobreviver são aquelas que investem em conteúdos, propósitos e na formação de sua identidade”, alerta o publicitário Bruno Martini, diretor da agência de publicidade Papagaio.

Segundo Martini, o consumidor se cansou de ver postagens nas rede com cunho puramente de propaganda ou somente de imagens de produtos. A tendência neste campo são materiais trabalhados, que tragam informações, contem histórias dos pratos, da casa, de clientes.

Outro fator que vai ser determinante para a continuidade dos negócios de food service será o trabalho da identidade de cada estabelecimento. “Cada um tem sua própria identidade. É preciso trabalhar isso de forma única para atrair e tocar o coração dos clientes”, explica.

Comentários